domingo

O Criador de tudo...





Hoje trago a palavra 'religião', para meditação em seus vários sentidos:
De acordo com o dicionário da Língua Portuguesa, este vocábulo
Religião('religione'), tem as seguintes defições: 1. crença na existência de uma força ou forças sobrenaturais, consideradas como criadoras do Universo, e que como tal devem ser adoradas e obedecidas;
2. a manifestação de tal crença por meio de doutrina e ritual próprios, que envolvem, em geral, preceitos éticos
3. virtude do homem que presta a Deus o culto que lhe é devido - reverência às coisas sagradas;
4. crença fervorosa - devoção, piedade;
5. crença numa religião determinada;
6. fé - culto;
7. vida religiosa - qualquer filiação a um sistema específico de pensamento ou crença que envolve uma posiçào filosófica, ética, metafísica, etc.;
8. modo de pensar ou de agir - princípios.


Tomando as definições 1, 2, 3, podemos entender a razão de tantos conflitos no meio das 'religiões'! É preciso atentar para algumas colocações, considerando essa diversidade de religiões:

Na primeira definição, por exemplo, considera-se força(s) sobrenatural(is) criadora(s) do Universo, que deve(m) ser adorada(s) e obedecida(s)... Que força(s)? Essa forças, são SOBRENATURAIS?

Na segunda definição, vemos a manifestação dessas crenças por meio de doutrina e ritual com pricípios éticos... Quais são esses princípios éticos e em que estão baseados?

Na tereceira definição, temos a Virtude do reconhecimento a Deus (culto) e a reverência às coisas sagradas... De que forma deve-se cultuar a Deus? Quais são as coisas sagradas?

Na amplitude dessas definições, de acordo com o dicionário, podemos parafraseá-las da seguinte forma: Existe uma força(sobrenatural) criadora do Universo, que deve ser adorada e obedecida, mediante doutrina e ritual com princípios éticos, onde o homem (ser humano) deve cultuar Deus com reverência às coisas sagradas.

Chamo à atenção mais uma vez para o fato de que, esta pode ser a razão da diversidade religiosa. Muitos rituais, forças, doutrinas, são consideradas certas, na visão de cada uma das religiões... Acreditar em forças naturais - o vento, o sol, os astros, a água, animais - Oferecer sacrifícios (sacrificando animais/pessoas)com intuito de separação, de vingança, de conquistar benefícios próprios - quais são os princípios éticos em meio a essas práticas? No Cristianismo, se o princípio fundamental é seguir a CRISTO, por que não fazer como está prescrito desde a Criação, se ELE é o enviado do PAI e ambos são um?

Diante desses argumentos, enfatizo alguns questionamentos:

- Tomando a Bíblia Sagrada como referência da maioria das religiões, por que há divergências entre si?

- Se não é pela Bíblia Sagrada, que fundamentos são considerados?


Acho pertinente mencionar duas referências BÍBLICAS, no tocante aos conceitos de religião: (Tiago 1:26) - Se alguém entre vós cuida ser RELIGIOSO, e não refreia a sua língua, antes engana o seu coração, a RELIGIÃO desse é vã.
A preocupação na grande maioria é seguir uma religião, sem ter a diligência de examinar de fato os princípios pelos quais estão seguindo.

(Tiago 1:27) - A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e GUARDAR-SE DA CORRUPÇÃO DO MUNDO.

P.S.Corrupção: ato ou efeito de corromper; decomposição, putrefação; devassidão - depravação; suborno - peita.

Um outro ponto importante, que deve se relevado é o de que, embora haja discordância e/ou insatisfação e ainda, a não aceitação dos princípios éticos Bíblicos, é impressionante como as pesssoas, organizações e sistemas,tentam "inovar" seus discursos e no entanto, realçam esses valores concernentes aos princípios Bíblicos que ora estão transcritos nas legislações nacionais, nos estatutos de Organizações (ONU, UNESCO, UNICEF...), são traduzidos pura e simplesmente pelos mandamentos: NÃO matar, não roubar, não furtar, não adulterar, não subornar... CUMPRIR com todos os deveres de cidadania. È o que CRISTO resumiu em AMA TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO: A prática do bem, ser bom, a busca da perfeição...

Com relação aos mandamentos - preceitos Bíblicos - no que Jesus classificou em dois, considerando estarem inseridos uns nos outros, é uma pena o primeiro não ser considerado nos conceitos "religiosos" para os que seguem os preceitos da Bíblia: (Êxodo 20:3) - Não terás outros deuses diante de mim.
(Êxodo 20:4) - Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.

(Êxodo 20:5) - Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o SENHOR teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.
(Êxodo 20:6) - E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.
Respeito as pessoas que divergem com essa linha de pensamento aqui enfatizada, a BÌBLIA, no sentido de não cumprir conforme está escrito, alterando e/ou anulando, pois para os que crêm em Deus, o CRIADOR DOS CÉUS, DA TERRA E TODO UNIVERSO, a BÌBLIA é o princípio para esta crença e lamentavelmente, um mesmo Livro, estudado por várias religiões, não tem seu sentido genuíno, sendo repassado em partes, na maioria distorcidas, isoladas que, ao invés de servir para aproximar o homem de Deus, afasta-o.

Há também os que consideram os *praticantes dos preceitos de CRISTO (*verdadeiros cristãos) donos da verdade, egocêntricos, fanáticos ... È fato ter surgido teorias da criação, da existência humana, da morte como reencarnação. Contudo, se analisarmos somente a existência de todo o Universo, não precisaremos de provas mais contudentes. Desta forma, so precisamos crer e esperar que essa FORÇA SOBRENATURAL atue em nossa mente... espírito... ou alma?

Dentre os demais princípios éticos, das demais forças naturais, foi criado algo semelhante ao homem? O CRIADOR DO UNIVERSO criou o homem "SEMELHANTE" a ELE, com inteligência e capacidade de fazer, pela PALAVRA, as mesmas coisas que ELE, e não apenas transformar ou aperfeiçoar o que ELE criou!

*ALGUÉM QUE MORREU E NÃO RESSUSCITOU PODE FAZER ALGO POR OUTREM?

*DENTRE OS MORTOS, QUEM RESSUSCITOU E ESTÁ À DIREITA DO PAI INTERCEDENDO POR NÓS?... JESUS, O CRISTO!

Marcadores:

0 Comentários:

Postar um comentário

Comente... Interaja!

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial